Estudos de radiografia tributária como necessidade para empresas.

O IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) se consagrou como o único instituto a realizar estudos de radiografia tributária. 

No blog de hoje, você vai entender o que é um estudo de radiografia tributária, quem solicita este serviço, o motivo de empresas, entidades e setores solicitarem, o objetivo deste estudo, importância do IBPT na prestação deste serviço, como é realizado o levantamento de informações e algumas dicas para você mesmo realizar um. 

O que é um estudo de radiografia tributária? 

Podemos definir como um trabalho imersivo e assertivo sobre o cenário real em que uma empresa ou setor estão inseridos visando identificar meios legais para aumentar a lucratividade e redução da carga tributária de quem solicita. 

Quem solicita um serviço de radiografia tributária? 

Empresas de todos os portes: 

Confederações: 

Federações: 

Sindicatos: 

Associações. 

Quais os motivos para solicitar um estudo de radiografia tributária? 

São diversas as utilizações para algum setor solicitar um estudo de radiografia tributária, que vão desde o posicionamento da empresa ou setor no mercado brasileiro e internacional. 

A preocupação da questão econômica ou tributárias dos produtos, mercadorias ou serviços abrangidos pela atividade. 

O estudo pode ser um documento muito importante para atividades do setor, no sentido de apresentação para autoridades legislativas, ou executivas com o pleito de condições de melhorias que visem a maximizar os resultados almejados para quem solicita o estudo. 

Qual o objetivo principal de um estudo de radiografia tributária? 

O objetivo principal deste estudo é permitir que a empresa, ou setor que solicita, tenha o conhecimento da real carga tributária que incide sobre essa atividade, podendo, inclusive, fazer uma análise em relação aos demais setores da economia nacional. 

Vale ressaltar que esse é um objetivo, mas, o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), já realizou alguns estudos para identificar, por exemplo, os reflexos da possível mudança no cálculo do PIS e COFINS com a sua unificação e os riscos de aumento da carga tributária às empresas conforme os CNAES previamente indicados pela contratante. 

Importância do IBPT na prestação deste serviço. 

Como já foi dito, o IBPT realiza diversos estudos tributários para analisar e comparar a carga tributária no Brasil visando de forma transparente com base em dados tributários incentivar o contribuinte a estar em conformidade com a legislação e apresentando formas de reduzir essa alta carga tributária. 

Você pode acessar agora o link e conhecer alguns dos estudos mais conhecidos do IBPT: 

Link: https://ibpt.com.br/estudos/ 

Certo, já entendi tudo sobre o estudo de radiografia tributária, mas a , como é feito o levantamento de dados? 

Os estudos de radiografia tributária realizadas pelo IBPT tem como base dados tributários, inteligência de mercado e carga tributária anual dos impostos. 

O grande diferencial deste estudo é, esses dados tributários são transformados em inteligência e, com isso, torna possível atender os objetivos de quem solicita. 

A obtenção dos dados que possibilitam o IBPT a realizar esse estudo são feitos através de fontes de pesquisas públicas privadas e também, para dados mais específicos, as informações são solicitadas mediante a Lei de Acesso à Informação. 

5 dicas poderosas para montar um estudo de radiografia tributária. 

Primeira dica: 

Verifique e reúna todas as informações do setor que será objeto do estudo, como por exemplo (obrigações acessórias, desempenho econômico etc).É fundamental que você consiga esses dados que são altamente importantes para o seu estudo. 

Segunda dica: 

Saiba quais as melhores fontes de pesquisa para obter os dados tributários para analisar e montar o seu estudo.  

Exemplos de fontes:  

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL; 
SECRETARIAS DE FAZENDAS DOS ESTADOS; 
PREFEITURAS DE MUNICÍPIOS;  

Vale ressaltar os dados que podem ser obtidos mediante lei de acesso à informação. 

Terceira dica: 

Entenda a tributação do setor que você está analisando. Faça uma análise de toda a sistemática de incidência dos tributos federais, estaduais e municipais, levando em consideração os regimes tributários em que temos hoje no Brasil. 

Neste caso, você pode separar toda a arrecadação tributária do setor por partes. Exemplo, a tributação de determinado setor ao nível federal, estadual e municipal para facilitar o entendimento. 

Quarta dica: 

Tenha muito bem definido o objetivo principal do seu estudo de radiografia tributária. Exemplo, quero analisar o setor de farmácias da minha região, qual será o objetivo do meu estudo?  

Exemplos de objetivos que para você pensar: 

  1. Como aumentar a competitividade deste setor considerando alguma mudança no que se refere a legislação tributária? 
  1. Como evitar um prejuízo imenso de uma empresa, ou setor, em virtude de uma nova mudança legislativa que afete completamente este setor? 

Portanto, tenha muito bem definido o objetivo do seu estudo, isso ajudará você focar no que realmente é necessário. 

Quinta dica: 

Coloque a mão na massa! Uma grande oportunidade para realizar um estudo de radiografia tributária é a reforma tributária. 

Qual será o seu impacto em um determinado setor? 

Se você tem interesse em saber mais sobre esses serviços, no blog do IBPT você pode ler notícias, matérias e muito mais! 

Acesse pelo site: 

https://ibpt.com.br/blog/ 

Radiografia tributária como necessidade das empresas. 

Com um estudo de radiografia tributária é possível identificar oportunidades para melhorar e performar a situação dos negócios de empresas, entidades, pois, é analisado de forma detalhada o panorama do cenário econômico o qual as empresas estão inseridas e em plena atuação.  

Esse estudo fornece informações valiosas que permitem que empresas cresçam exponencialmente no mercado. 

Como eu posso aprender o passo a passo para prestar este serviço, na prática? 

As vagas para o curso de Formação de Tributarista do Futuro foram esgotadas no dia 16/04 e no curso é explicado detalhadamente como prestar esses serviços na prática. 

Através da metodologia única, que te forma absolutamente do 0, você vai aprender esses serviços de forma aprofundada e melhor, a como precificar honorários de cada um deles e ofertar para seus clientes. 

Você, acadêmico de direito/contábeis, contador, advogado, administrador e outros profissionais da área tributária, que, queiram decolar sua carreira e se tornar um profissional que transforma as complexidades da tributação em oportunidade para os seus clientes, venha fazer parte da lista de espera e seja avisado com prioridade quando estiver aberta as inscrições para a nova turma do curso. 

Não perca essa chance!

Deixar uma resposta

Falar via WhatsApp